Manaus (AM) – Capital do Amazonas

Manaus (AM) é a  capital do Amazonas 

localizado na Região Norte do país, é uma cidade histórica e portuária, localizada no centro da maior floresta tropical do mundo. Situada na confluência dos rios Negro e Solimões, é uma das cidades brasileiras mais visitadas por turistas, o que a coloca como o décimo maior destino turístico do país.

Destaca-se pelo seu patrimônio arquitetônico e cultural, com notáveis museus, teatros, templos, palácios e bibliotecas. Está localizada no extremo norte do país, a 3 490 Km de Brasília.

É o município mais populoso do Amazonas e da Região Norte do Brasil, com sua população co mais de  2,5 milhões de habitantes, de acordo com dados do (IBGE) em 2016.  Apesar de registrar uma das maiores economias do país e ser um de seus municípios mais populosos, Manaus possui um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) dentre as capitais brasileiras, com 0,737 pontos, o que a coloca na 23ª colocação entre as capitais estaduais do país, à frente somente de outras quatro capitais. 

Manaus (AM) é a  capital do Amazonas

É o maior centro econômico, financeiro e corporativo da Região Norte. A cidade está no meio da maior floresta tropical de todo o mundo, a Floresta Amazônica, e se localiza na junção de dois dos principais rios que formam o Rio Amazonas, o Rio Negro e o Rio Solimões. A arquitetura e a cultura da cidade são pontos de destaque. É a cidade mais populosa de seu estado e a sétima do Brasil. Já foi conhecida como Cidade da Floresta e Coração da Amazônia no começo do século XX. A origem do nome da capital vem da tribo “manaós” que habitavam as áreas dos rios Negro e Solimões.

A cidade de Manaus foi fundada 1669, enquanto a Amazônia ainda era Capitania de São José do Rio Negro, com a criação do forte de São José da Barra do Rio, e a região em que a cidade foi criada era conhecida como Lugar da Barra. Por estar no encontro da água do rio Negro com o Solimões, em 1791, a região passou a ser sede da capitania. Em 1832, o Lugar da Barra passou a ser considerado uma vila, além disso, seu nome já havia sido trocado, e ganhou o nome que conhecemos hoje. A cidade passou por diversas mudanças históricas, culturais e econômicas que a transformaram em um polo arquitetônico, cultural e histórico. Entre os acontecimentos que se deram em Manaus estão: a Cabanagem e o Ciclo da Borracha.

Manaus é a maior cidade da Região Norte, tem uma área em torno de 11.400 km². A sua população é estimada maior que 2,5 milhões de habitantes.  Esta localizado em um ponto estratégico, na confluência dos rios Negro e Solimões, o que torna a cidade praticamente um porto natural. O relevo de Manaus é praticamente planície e baixos planaltos com altura média um pouco maior que 90 m acima do nível do mar. O clima da cidade é tropical úmido, tem uma média de temperatura de 26,7 ºC e chuvas constantes.

Manaus tem uma economia sustentada por maior parte com o setor industrial, principalmente pelas industria de transportes e comunicação. A fácil acessibilidade ao gás-natural é um fator que ajuda bastante no desenvolvimento do segundo setor na capital amazonense. A zona franca de Manaus, que oferece alguns benefícios e isenções de impostos para as industrias, também tornou a atividade econômica muito grande. O turismo e a construção civil também movimentam bastante o mercado.

A capital está localizada no meio da floresta amazônica, o que faz com que a vegetação esteja muito presenta nas áreas urbanas. A natureza está diretamente ligada com o estilo de vida da cidade. Reservas naturais e parques são comuns em Manaus, o Parque Municipal do Mindu, Área verde na Santa Etelvina e o maior jardim botânico do mundo, o Jardim Botânico Adolpho Ducke. É por conta desta proximidade da natureza, o ecoturismo é um dos destaques da cidade.

Outras atrações de Manaus é o seu turismo histórico e cultural. A capital foi por muito tempo, e ainda é, um grande centro de toda a região norte do país, além de ter passado por diversos acontecimentos históricos que enriquece ainda mais o passado do local. Isso pode ser refletido nos museus e na arquitetura da cidade, grandes atrativos para aqueles turistas que não procuram apenas paisagens naturais bonitas.

Pontos mapeados
Manaus ( Capital ) – AM
Paricatuba
Aeroporto Internacional Eduardo Gomes
Aeroporto Ponta Pelada
Aeroclube de Manaus
Pier do Tropical
Porto do São Raimudo
Porto Flutuante de Cargas de Manaus
Porto Flutuante de Manaus
Praia Dourada
Praia do Tupé
Praia da Ponta Negra
Parque Municipal do Mindu
Jardim Botânico Adolpho Ducke maior Jardim Botânico do Mundo                        http://jardimbotanicodemanaus.org
Parque dos Bilhares
Parque Estadual Samaúna
Parque Solimões
Parque Linear – Senador Jefferson Peres
Parque Tarumã
Parque Tarumã
Parque Municipal Lagoa do Japim
Parque Municipal do Idoso – Centro de Convivência do Idoso
Parque da Ponte de Ferro
Parque dos Rios
Parque Amazonense
Parque Municipal Nascentes do Mindu
Parque Rio Negro
Área Verde da Santa Etelvina
Bosque do Inpa – Bosque da Ciência
Reserva Florestal Adolpho Ducke
Reserva Sauim Castanheira
CSU do Parque 10
Largo Do Mestre Chico
Calçadão e praças da Ponta Negra
Calçadão e Praças da Ponta Negra
Praça Francisco Pereira da Silva – Bola da Suframa
Praça da Matriz
Praça da Saudade
Praça Quatorze de Janeiro
Praça Heliodoro Balbi
Praça Tenreiro Aranha
Praça dos Remédios
Praça das Letras
Praça São Sebastião
Praça do Jardim Petrópolis
Praça do Congresso
Praça Newton de Menezes
Praça Santos Dumont
Praça Duque de Caxias
Praça Parque Dez de Novembro
Praça da Orla da Ponta Negra
Largo do 40
Praça do CIGS
Horto Municipal – Parque Cidade da Criança
Orquidário
Autódromo – Kartódromo – Pista de Velocidade de Manaus
Orla do Amarelinho
Orla do São Raimundo
Calçadão da Ponta Negra
Quadras de Volei
Pista de Atletismo Bamn
Zoológico do CIGS – Centro de Instrução de Guerra na Selva
Zoológico do Hotel Tropical
Praça do Aeroplano
Relógio
Balneário do SESC
Torre do Museu da Amazônia
Teatro Amazonas
Anfiteatro da Ponta Negra
Teatro Chaminé
Teatro Gebes Medeiros
Clube Marina Rio Bello
Marina Do Davi
Vila Olímpica
Museu da Amazônia
Museu Amazônico – UFAM
Museu do índio
Museu Paço da Liberdade
Museu da Casa Eduardo Ribeiro
Arena dos Povos da Amazônia
Centro Cultural dos Povos da Amazônia – Museu do Homem do Norte
Palácio Rio Negro – Centro Cultural
Palácio da Justiça
Palácio Rio Branco
Vila Ninita
Centro de Artes da UFAM – CAUA
Centro de Artesanato Branco e Silva
Centro de Convenções
Alfândega
Mercado Municipal Adolfo Lisboa
Feira da Panair
Ministério Internacional da Restauração
Catedral da Matriz
Igreja dos Remédios
Igreja de São Sebastião
Ponte de Ferro – Ponte Metálica Benjamin Constant
Ponte Rio Negro
Arena dos Povos da Amazônia
Arena da Amazônia
Arena Amadeu Teixeira
Quadra São Lázaro
Campo
Campo
Sambódromo de Manaus
Atlético Rio Negro Clube
Colégio Militar de Manaus
CEMAG
SENAI
Rio Negro
Rio Solimões
Igarapé Tarumã Açu
Igarapé Tarumã Mirim
Encontro das Águas do Rio Negro e Rio Solimões
Lagoa do Japim
Lago do Aleixo
Ilha de São Vicente
Primeiro Batalhão de Infantaria de Selva
2º Distrito Integrado de Polícia
Vila Militar
Base Aérea de Manaus
Comando Militar da Amazônia
Penitenciária Desembargador Raimundo Vidal Pessoa
Prédio Histórico da Antiga Cervejaria Amazonense – 1912
Monumento de Abertura dos Portos
Reservatorio Do Mocó
Bosque da Ciência – INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Universidade Federal do Amazonas
HOTEL TROPICAL MANAUS
Wyndham Garden Manaus – Nóbile Hotéis
Companhia Tropical de Hotéis da Amazônia
Jungle Palace Hotel
Estacionamento Jungle Palace Hospedagem
Amazon Eco Hostel
Riviera de Ponta Negra
Pier da Base Naval de Manaus
Ilha do Marapata
Balneário Recanto do Quixito
Show Buttons
Hide Buttons
Translate »