Guarujá (SP)

Guarujá - SP

Guarujá se reinventa e recupera prestígio

Poucos sabem, mas a geografia do Guarujá segue o contorno de um dragão. No ‘rabo’, faixas de areias claras e mar azulado atraem visitantes mais alternativos; o centro, na ‘barriga’ do ser mitológico, é o cenário das extensas faixas de areia com a maior concentração de visitantes e da badalação noturna esquentada pelo ‘fogo do dragão’; e na ‘cabeça’, pequenas praias desertas que, até pouco tempo, eram desconhecidas pelos próprios moradores locais.

O que todo mundo já sabe é que a Pérola do Atlântico, balneário de luxo dos anos 1960 e 1970, viu seu público rumar para as praias das águas claras do norte do Estado. O comércio local e os profissionais da área do turismo sentiram no bolso, nos últimos anos, a falta de investimento e o surgimento dos problemas sociais típicos das grandes cidades.

No entanto, o dragão é persistente e se alimenta de desafios. Por isso, a orla central foi repaginada e recebeu novos estabelecimentos comerciais atraídos pelas políticas locais de incentivo; quiosqueiros receberam cursos de capacitação para o manuseio de alimentos ao ar livre; as praias ganharam novos acessos com a reformulação da estrutura viária; os investimentos do setor de saneamento básico elevaram o grau de balneabilidade das praias; e eventos garantem entretenimento durante o ano inteiro, como os festivais de jazz e de gastronomia que ocorrem fora da temporada.

E mesmo com a retomada do turismo na ilha de Santo Amaro, onde se localiza o Guarujá, algumas pérolas da região continuam quase intocadas como na época em que a armada de Américo Vespúcio ancorou suas embarcações na então ilha de Guaíbe. Nem os condomínios de luxo e as imponentes embarcações das marinas locais conseguiram contaminar os ares rústicos de paraísos guarujaenses de certos vilarejos de pescadores.

Não se pode negar que a melhor estrutura ainda está na orla central da ilha, com variada oferta de restaurantes, bares e casas noturnas badaladas. Mas tudo isso, São Paulo também tem, e muito. Quem desce a serra para (re)descobrir o Guarujá começa a seguir as placas que indicam os atrativos naturais da extremidade leste do ‘rabo’ do dragão.

A Praia Branca é uma antiga colônia de pescadores que segue em um ritmo alheio ao que acontece no resto da ilha. Ao lado da balsa que dá acesso à vizinha Bertioga, a vegetação densa da Serra do Guararú guarda uma trilha de pedra que leva pescadores e visitantes descolados a um dos lugares mais inusitados da região.

As residências e os pequenos estabelecimentos hoteleiros simples do vilarejo destoam da imponência de alguns casarões luxuosos da estrada Guarujá-Bertioga. E é aí que a natureza deixa de ser pretexto para explorar o turista e passa a ser explorada pelos visitantes.

O caminho é longo e, às vezes, escorregadio, mas o visual que se abre ao final compensa. À esquerda, ondas fortes são o paraíso de surfistas e valentes nadadores; à direita, o mar calmo banha a Ilha da Prainha que, na maré baixa, pode ser alcançada a pé. E como os opostos se atraem, o movimento marinho não pára e as águas se encontram com as areias da Praia Preta, uma das mais belas e isoladas da Ilha de Santo Amaro.

E por falar em paraíso, e para não favorecer um único membro do dragão, a Praia do Éden faz jus ao nome. Com apenas 100 metros de extensão, e localizada no trecho que poderíamos classificá-lo como a ‘pata’ do animal mitológico, é outra surpresa do Guarujá. Nem a trilha íngreme pela Mata Atlântica, que se inicia em uma área de condomínio fechado, é capaz de tirar o humor do aventureiro que chega às águas esverdeadas do Éden.

No mais, tudo segue bem. Muito bem, diga-se de passagem. Fortes e fortalezas ainda contam suas histórias; trilhas dão passagens aos mais dispostos em conhecer a região sob outro ponto de vista; esportes elevam a adrenalina dos aventureiros e o dragão continua mais ativo do que nunca.
Fonte UOL

Pontos mapeados

Guarujá
Base Aérea de Santos
Balsa Santos Guarujá
Praia da Enseada
Praia do Guaiúba
Praia do Monduba
Prainha de Fora
Praia do Bueno
Praia do Tombo
Praia Asturias
Praia Pitangueiras
Praia do Éden
Praia de Sorocotuba
Praia do Mar Casado
Praia de Pernambuco
Praia do Perequê
Praia de São Pedro
Praia de Tijucopava
Praia de Conchas
Praia de Iporanga
Praia do Pinheiro
Praia de Camburi
Praia Preta
Praia Branca
Saco do Major
Praia de Congava
Praia do Morro do Limão
Praia do Góes
Ilha das Palmas
Ilha do Mato ou Prainha
Ilha do Pau a Pino
Ilha da Moela
Ilha da Pompeba
Ilha das Cabras
Ilha do Mar Casado
Ilha dos Arvoredos
Ilha do Perequê
Ilhota do Iporanga
Ilha da Prainha Branca
Ilha do Guará
Ilhota da Prainha
Ilhota Pau a Pino
Ilha de Santo Amaro
Canal de Bertioga
Rio Itapanhaú
Largo do Candinho
Rio Diana
Lagoa de Santa Rita
Rio Icanhema
Rio do Meio
Rio Santo Amaro
Canal de Bertioga
Canal de São Vicente
Ponta do Caete
Ponta Tortuga

Show Buttons
Hide Buttons
Translate »